Odebrecht

Português pt-br

Unidade Agro-Industrial

Área Industrial

Fontes alternativas de energia.
A auto-suficiência energética constitui um diferencial da Biocom.

A Unidade industrial é operada por meio de uma Central de Operações Industriais (COI), com sistemas de automação, controlos e câmaras que garantem um acompanhamento em tempo real de todas as etapas do processo, influenciando o rendimento e eficiência industriais.

Principais tecnologias aplicadas na Indústria

  • Sistema de co-geração de energia em condensação que,  independentemente do processo industrial,  permite gerar energia mesmo no período entre safras;
  • Fábrica de açúcar de modelo compacto, optimizando os equipamentos e o lay-out;
  • Duas caldeiras de alta pressão de 67 kgf/cm2, 520ºC e capacidade de produção de 150 toneladas de vapor/hora, cada;
  • Sistema de extracção do sumo da cana-de-açúcar realizado através de difusor, que utiliza o processo de lixiviação;
  • Processo de fabrico do etanol anidro utilizando o sistema Metil Etileno Glicol (MEG); e
  • Sistema de armazenamento do etanol em dois tanques de 10 mil metros cúbicos, cada.

Processos industriais

Os processos base para o fabrico do açúcar, etanol e produção de energia são:

  • Extracção –  Consiste na separação do sumo e fibras da cana, através do difusor e um terno de moenda para garantir a extracção total da sacarose;
  • Tratamento do Sumo (Caldo) – decantação de impurezas minerais e vegetais, com posterior peneiramento, garantindo a clarificação do sumo;
  • Evaporação e Aquecimento –  neste processo, ocorre o aumento da temperatura para esterilização do sumo, evaporação da água e a concentração em xarope;
  • Fabrico de Açúcar –  utiliza o xarope no processo de aquecimento e concentração de sacarose, formando os cristais de açúcar;
  • Fermentação – tem como matéria-prima o mel, resultante do fabrico do açúcar, no qual é adicionado fermento transformando a sacarose em vinho;
  • Fabrico de Etanol – o vinho proveniente do processo de fermentação é destilado e concentrado;
  • Utilidades – representam as etapas de tratamento de água, efluentes e a as caldeiras responsáveis pela produção de vapor para o processo industrial; e
  • Produção de Energia Eléctrica – através do vapor gerado nas caldeiras de alta pressão, alimenta as turbinas que transformam essa energia térmica em mecânica e que os geradores convertem em energia eléctrica.